fbpx

CONVERSAS QUE CONECTAM EM BASE ACOMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA

by | Jul 14, 2023 | Projetos

Instituição Proponente:
Razão Social: Instituto Global da Paz
Nome Fantasia: GPF Brasil
CNPJ: 13.809.648/0001-55

Local de Execução:
Colégio Estadual Polivalente Professor Goiany Prates

DESCRIÇÃO
O Instituto Global da Paz – GPF Brasil, é uma organização internacional não sectária, não partidária e sem fins lucrativos, fundada em 2009 nos EUA, com a sua matriz em Goiânia – Goiás, a partir de 2011. O GPF Brasil, promove uma abordagem inovadora, baseada em valores para a construção de cultura da paz. A instituição promove uma rede global de parceiros do setor público e privado que desenvolvem modelos de construção da paz a nivel comunitário, nacional e regional, como base para construção de sociedades éticas e coesas.

Atualmente a Instituição é uma OSCIP, possui título de Utilidade Pública do Estado de Goiás, Utilidade Pública do Município de Goiânia, registrada no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Possui Registro no

ECOSOC – ONU:
Conselho Econômico e Social das Nações Unidas, parcerias institucionais com a UNESCO,
Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás, Policia Civil do Estado de Goiás entre outros.

1- CONVERSAS QUE CONECTAM EM BASE A COMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA

JUSTIFICATIVA
A comunicação com o outro é uma parte inerente às rotinas escolares. Colaboradores, gestores, pais e alunos estão sempre exercendo interações, e quando falamos de relações humanas, sabemos que nem sempre o exercício é fácil. Entretanto, está nas mãos da escola buscar formas de melhorar a cordialidade nessas interações, e aplicar a comunicação não-violenta na educação é uma prática muito recomendada.

A comunicação não-violenta busca o diálogo para além das concepções de certo e errado.

Busca entender o outro com honestidade, percebendo que por trás das ações e comportamentos dele há uma necessidade latente, e se ela é percebida sem julgamentos, tudo poderia ser solucionado.

OBJETIVO
– Fortalecer o diálogo e relações interpessoais,
– Identificar a problemáticas das crianças

COMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA NA ESCOLA
É importante que haja um esforço da escola para a construção de uma cultura de comunicação não-violenta na educação envolvendo todos os atores do processo: professores, gestores escolares, colaboradores de diversos setores da escola, pais, responsáveis e alunos. O ideal é que essa forma de comunicação seja utilizada em todas as situações, como reuniões, solicitações intersetoriais, conversas, etc.
É claro que mudar hábitos arraigados é um exercício de longo prazo. Não é do dia para a noite que todos os membros da escola irão assimilar o conceito e passar a se comunicar uns com os outros usando a CNV. Para a escola adotar essa forma de comunicação, é importante que faça um planejamento gradual, envolvendo palestras, treinamentos, recomendação de leituras e vídeos sobre o assunto, manual de boas práticas e diversas ações periódicas que visem que a comunicação não-violenta na educação se torne um hábito natural.

BENEFICIOS DA CNV NA ESCOLA
Introduzir a Comunicação Não-Violenta na educação é algo extremamente benéfico. Confira algumas contribuições que a prática pode trazer às escolas:

 Redução do bullying
Se todos na escola adotassem a comunicação não-violenta, não haveria bullying. Quando alguém pratica CNV, busca se conectar com o outro de forma que contribua para o bem- estar dele. De maneira nenhuma tenta feri-lo com palavras, ironias, mensagens nas entrelinhas e nem julgá-lo pela forma como ele é ou pensa.

Portanto, se a escola tentar ensinar aos alunos a comunicação não-violenta, estará contribuindo para o combate ao bullying.

 Melhora da atmosfera de trabalho
A escola é também um local de trabalho para todos os colaboradores que fazem parte dela.

Em ambientes de trabalho, não é incomum que ocorram desentendimentos entre as equipes. A comunicação não-violenta pode ser usada para evitar conflitos e para resolvê-los, caso já tenham acontecido. O segredo é buscar as necessidades que se esconde por trás dos conflitos. Palavras coléricas são falhas nesse objetivo, mas a CNV é muito eficiente.

 Melhora no relacionamento com os pais
O mesmo fator que contribui para a melhora nas interações entre os colaboradores da escola também coopera para a melhora no relacionamento da instituição com os pais dos alunos. Ao usar a comunicação não-violenta, o uso da empatia e da busca por entender a necessidade do outro permitirá que os dois lados compreendam o contexto da outra parte, e busquem juntos uma forma de suprir ambas as necessidades. Por isso, é importante que a escola também informe aos pais sobre a comunicação não-violenta, seja enviando vídeos e sugestões de leitura ou marcando reuniões com eles.

MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO
A avaliação dos resultados será desenvolvida constantemente no decorrer do processo de acordo com:

-Reuniões da equipe para avaliação do desenvolvimento das ações propostas e verificação dos instrumentos aplicados em relação ao alcance das metas;
-Questionários de resultados – Dados captados por pessoa responsável pelo projeto no decorrer do processo;
-Ficha de satisfação por amostragem de alunos;
-Roda de conversa com professores habilitados como multiplicadores de musica;
-Planilhas de controle de presença nas atividades;
-Avaliações referentes ao conteúdo aplicado em cada modalidade de instrumento referente
as aulas de teoria.

Shares